​Baixa qualidade do ar no Município de Goiás no mês de setembro supera todos os meses de 2021

  • 22/09/2021
  • 0 Comentário(s)

​Baixa qualidade do ar no Município de Goiás no mês de setembro supera todos os meses de 2021
A Estudante de Geografia da UEG e Pesquisadora do grupo Interdisciplinar de Estudos Pesquisa e Extensão Águas do Cerrado( GWATÁ-UEG) ,Karisa Venção ,está monitorando a qualidade do ar na Cidade de Goiás , a partir dos padrões do Conselho Nacional do Meio Ambiente, o CONAMA. O Resultado do Índice da Qualidade do Ar( IQA) está ruim, ultrapassando 115µg/m³, isso que dizer que há grande quantidade de micropartículas inaláveis, em forma de fumaça.
Segundo a Associação dos Geógrafos Brasileiros -seção Cidade de Goiás
‘’O aumento do número de queimadas no Cerrado Vilaboense vem impactando negativamente a qualidade do ar em nosso município. Neste mês de setembro , o IQA (Índice de Qualidade do Ar), obteve os piores resultados do ano de 2021.’’
A Associação explica também sobre a quantidade de material particulado, ou seja partículas de fumaça aceitáveis para ter uma qualidade do ar:
‘’ Segundo os padrões de qualidade atmosférica, uma boa qualidade do ar possui um quantitativo de material particulado entre 0 e 50 µg/m³, sendo que entre 50 e 100 se caracteriza como moderado, entre 100 e 150, ruim e acima de 150 µg/m³ é considerado muito ruim.’’
A poluição do ar por queimadas pode gerar vários problemas para saúde da população como ardência nos olhos, irritação no nariz, dor de garganta, podem aparecer doenças pulmonares e respiratórias como bronquite e asma.

#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Top 5

top1
1. Meu Pedaço de Pecado

João Gomes

top2
2. Você Beberia ou Não beberia

Zé Neto e Cristiano

top3
3. Morena

Luan Santana

top4
4. Drivers Licence

Olivia Rodrigo

top5
5. Diogo Nogueira

Embolaê

Anunciantes