Dia da Consciência Negra

  • 20/11/2021
  • 0 Comentário(s)

Dia da Consciência Negra

No percurso histórico, desde o século XVI com o Governo da Província e posteriormente com a chegada dos bandeirantes no sertão goiano é passível a constatação dos agentes sociais escolhidos para a morte e os eleitos à vida. Este fenômeno legitima a criação de “mundos de morte” configurando, nas palavras de Achille Mbembe (2016, p. 146), “as formas contemporâneas que subjugam a vida ao poder da morte”, nomeada por ele de necropolítica.

O conceito de “necropolíticas” que, resumidamente é o oposto da visão de Michel Foucault referente ao “biopoder” ou “biopolítica” no qual o Estado de Direito exerce o poder de escolha da vida em uma sociedade. Para Mbembe o que ocorre é o contrário, o Estado escolhe quem irá morrer para que outros vivam. Com isso a Soberania passa a ser o direito de matar, um poder disciplinar. Esta visão é aplicada aos conceitos de raça. Quem é escolhido para a morte tem cor.

MBEMBE, Achille. In: Necropolítica: Biopoder, soberania, estado de exceção política da morte. Revista Artes e Ensaios. PPGAV/ eba/UFRJ. n. 34, dezembro de 2016.

Achille Mbembe é filósofo e teórico político da Republica de Camarões na África. Para saber mais sobre sua obra, recomendamos a leitura do Ensaio “Necropolítica – Biopoder, Soberania, Estado de Exceção, Política da Morte”, lançado em 2016 e o Livro “Critica da Razão Negra de 2014. Para ilustrar o pensamento do autor, recomendamos também o vídeo Flup – O mundo de joelhos de 2020, onde Mbembe discute sobre questões raciais e políticos no mundo e no Brasil, disponível no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=3mWNaTYptB8&t=1892s&ab_channel=FlupRJ)

#Noticias

#RádioComunitária

#RádioVilaBoaFM


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Top 5

top1
1. Termina Comigo Antes

Gusttavo Lima

top2
2. Run into Trouble

Alok e Bastille

top3
3. Vontade de Morder

Simone e Simaria, Zé Felipe

top4
4. Acorda Pedrinho

Jovem Dionísio

top5
5. A Maior Saudade

Henrique e Juliano

Anunciantes